Vampiro do Gueto

by RUDOLFO

/
  •  

1.
03:48
2.
01:45
3.
03:57
4.
5.
6.
02:39
7.
01:02
8.
9.
10.
02:49
11.

about

This is the universe RUDOLFO has created. A universe where he picks up Pop Culture references and makes them his own. You can even imagine a B-Movie, where different types of music blend and clash with 8bit! Creating an astonishing experience behind human comprehension! True tales of Drama, Vomit and Hate!! The truth of Hate Beat stands right here.

credits

released March 27, 2011

All tracks written and performed by RUDOLFO, except for Track 3.
Track 3 originally written by Tiago Ferreira.
Guitar, Bass and Backing Vocals on Track 11 by André Coelho.
Recorded and Mastered by Ghuna X at The Environment
-------------------------
Cover by RUDOLFO. More art at: www.rurucomix.wordpress.com

tags

license

all rights reserved

about

RUDOLFO Porto, Portugal

MCMXCI - AD ETERNUM

contact / help

Contact RUDOLFO

Streaming and
Download help

Redeem code

Track Name: Alpha
O processo criativo pode ser destrutivo,
A desconstrução da alienação é a solução
Projectando o futuro criptico e obscuro,
Codificando em linguagens complexas e esquecidas,
Absorve a linguagem e segue para outra paragem.
Track Name: Duelo Mortal
Rudolfo entra,
E arrebenta,
Hadouken demoníaco,
Ele enfrenta,
Forças do Paranormal!
Sés Anormal,
Aparece neste circo,
Do Hannibal!
Canibal por excelência,
Ele quer acabar com a tua existência,
Degustando a tua deliciosa carne,
Com molho de barbecue!
Se curtes o som ( pões-te nú )
Se fores hipster( biqueiro no cú )
Directo pro Sarcófago,
Viagem pelo esófago,
Até aos Anais da Existência!
Cheio de demência,
Até demonstro alguma sapiência!

Comecei a batalhar para ganhar,
Não vou perder, vais-me escutar.
Se ganhas uma vez, tenho a ronda seguinte,
Se ganhar desta vez, ganho cheio de requinte.

Cima, Cima, Baixo, Baixo, Esquerda, Direita, Esquerda, Direita, B, A, B, A,
Com este código da gaita, dou-te um tiro e já está.

[ Comecei a batalhar para ganhar,
Não vou perder, vais-me escutar.
Se ganhas uma vez, tenho a ronda seguinte,
Se ganhar desta vez, ganho cheio de requinte.] x2

Comecei para te derrotar,
A minha vitória estou a conquistar
Track Name: Trilhos
Os trilhos por mim traçados,
Jamais deverão ser julgados!
Sendo Homo-Eróticos ou meramente Hipnóticos,
Eu sou simplesmente simbiótico!

[ Crio horrores,
Terrores,
Suores e amores,
Vividos,
Sofridos,
Temidos,
Destruídos!

Não quero saber,
Se entendes,
A minha profetização!
Abomino,
Esse destino,
Criado,
Por um deus cretino! ]

Não me vou sacrificar outra vez,
Por algo que não acredito!
Uma ilusão criada por ti,
Para trilhares o teu próprio destino!
Embora não pareça, EU SOU DIVINO!

[ Crio horrores,
Terrores,
Suores e amores,
Vividos,
Sofridos,
Temidos,
Destruídos!

Não quero saber,
Se entendes,
A minha profetização!
Abomino,
Esse destino,
Criado,
Por um deus cretino! ]

[ sample ]

EXECUTAR, EXECUTAR, EXECUTAR, EXECUTAR !

[ riso ]

Eu não vou mais sofrer,
Nunca por alguém eu iria morrer,
Sim eu adoro esta sensação,
Das hormonas em mim graças à tesão.

[ riso ]

O pecado perfeito,
Veio-se a tornar num defeito,
Quando tenho o orgasmo passa o efeito,
Essa alienação que tu me provocas,
Desaparece quando me venho nas tuas mamocas.

[ Eu vou fugir,
Para poder existir!
Este caos vai-se sumir! ] x4
Track Name: Das Vampyr Der Ghetto ( MASSIVE $$$$ )
[ sample ]

Sou o Vampiro do Gueto,
O meu cão foi assado no espeto,
O meu professor chamava-se Gepeto,
E ensinou-me a fazer crucifixos!
Com eles fiz arte sacra,
Enriqueci com o povo da mata,
Que plantava e colhia batata!
ARGH!
Mostrei-lhes o futebol,
Limpei-lhes as casas com Sonasol,
Ditei-lhes os seus destinos,
Comendo-lhes os intestinos!
Pobre povo da mata,
Que plantava e colhia batata,
Mesmo na pobreza,
Hakuna Matata!
Não há problemas na situação,
Deixa andar vai haver solução,
Atingindo o fundo ou não,
Fica aqui levantada a questão.

[ sample ]

A distância dói e mata,
Quando não há evolução da rata,
Faz-me então a depilação,
Para eu causar sensação!
Sim eu quero ser moderno,
Mostrar-me como rabeta eterno,
Vampirico ou não, isso é questionável,
Esta rima está execrável!
Não tem mal que não me importo,
Se te peidas, eu arroto,
O almoço que comi,
O sangue da tua mãe bebi!
Soube-me um pouco a mofo,
Não to disse porque sou um fofo,
E só quero enriquecer um pouco,
Para poder viajar como um loucO!


[ Euros massivos a chover,
Lascivos até eu morrer,
Luxo, luxuoso,
Como eu, é pomposo! ] x2

Vou até Las Vegas me embebedar,
Dinheiro como um louco estoirar,
Até aqui enriqueci um pouco,
Agora estouro-o como louco!
Não tem mal acabo na miséria,
Assim morro quando rebentar a minha própria,
Artéria principal,
Sim, eu sou mesmo Anormal.
Soube que como é óbvio, vou morrer,
Só então vou enriquecer,
Se me matar cedo ainda melhor,
Assim não ganho bolor!
Não tenho muito mais a dizer,
Porque este projecto vai morrer,
Tudo o que nasce um dia morre,
Como um escarro quando cuspido, escorre!

[ Euros massivos a chover,
Lascivos até eu morrer,
Luxo, luxuoso,
Como eu, é pomposo! ] x666
Track Name: Poder Lunar
Luna, minha bela princesa Lunar,
Ouve o que tenho para te contar,
O meu sentimento por ti, é imenso,
Como o cheiro acabado de sair do insenso,
Que penetra nas tuas narinas,
Como um romance escrito em latrinas.
Luna, eu sei que as minhas declarações são peculiares,
Não sabia como chamar a tua atenção,
Por isso cometi crimes contra a Nação.

[sample]

Que doce morte óh Princesa Lunar,
A felicidade não consigo conter,
Parece que um doce acabo de receber.

[sample]
Track Name: Das Vampyr Der Ghetto ( MASSIVE CRISIS )
Quebra sanitária,
Quebra monetária,
É a crise,
A crise de valores,
Aqueles que me deixavam comprar jogos,
Como quem compra pornografia de amadores!
O fim aproxima-se a cada dia que passa,
Quando esse dia chegar,
Não vais passar duma carcaça!
Nem os abutres terão a tua estupidez!
Profunda e anal morbidez!
Subitamente colossal e variada,
Como um tornado que tudo leva , rebenta e coleciona,
Como um Katamari que o Principe rebola,
À ordem do Rei do Cosmos!
Esse gajo, faz aquilo que bem quer e lhe apetece,
Como assim é, ele nunca se aborrece!
Quem me dera que assim pudesse fazer,
Assim não tinha que tentar os outros surpreender.
Obscuras profecias tenho dito.
Quem me ouve com atenção não precisa de pagar por pito,
Pois a minha sabedoria é muito profunda,
Tipo a Linda Lovelace com a sua Garganta Funda!
Tudo bem, eu sei que às vezes provoco o riso,
Mas tal como vocês falta-me o juízo,
E ainda me cresce o dente do sizo.

[ Como um puto adolescente cheio de hormonas,
Espinhas,sonhos molhados e a pensar em conas
Sem pêlos nos tomates, a sonhar com mamonas ] x666

Assassinas ou não, não quero saber,
Desde que se comportem e tenham o mínimo de intelecto,
Ninguém fica a perder.
Nem eu,nem tu,
Muito menos o teu cu,
Pó caralho,
O fim aproxima-se.
É a crise.
Track Name: Mestre da Escuridão
Sou o Mestre da Escuridão,
Tenho na mão um cagalhão,
Que me dá poderes mágicos,
Para criar finais trágicos!

Eu sofro de ataques hemorrágicos,
Graças à tua magia negra,
Sua cabra mestra do voodoo,
Que morras a sangrar do cu!

[ Sou o Mestre da Escuridão,
Tenho na mão um cagalhão,
Eu sou um mauzão.

Sou o Mestre da Escuridão,
Tenho na mão um cagalhão,
Tresando a Podridão,
Eu sou o Mestre da Escuridão,
Sou o mestre da Escuridão! ]

Ninguém sairá Impune,
Quando falha esse nobre costume,
Chamado confiança,
Traindo para encher a sua pança!

Sim eu sei que comeste desse bolo,
Só quele estava estragado,
Tinha passado do prazo de validade,
Agora morres com uma congestão!

[ Sou o Mestre da Escuridão,
Tenho na mão um cagalhão,
Eu sou um Mauzão.

Sou o Mestre da Escuridão,
Tenho na mão um cagalhão,
Tresando a Podridão,
Eu sou o Mestre da Escuridão,
Sou o mestre da Escuridão! ]